Manual para Feiras Culturais

Compartilhe este post

As escolas vão muito além daquilo que acontece durante as aulas e dentro das salas. Vez ou outra, para o bem do processo de ensino-aprendizagem, educadores podem conceber ideias, desenvolver projetos e divulgar eventos que diversifiquem as atividades propostas ao corpo discente. As Feiras Culturais são exemplos tradicionais desse tipo de iniciativa.

Os alunos, geralmente, se empolgam com a ideia de fazer algo diferente e compram a ideia dos professores, engajando-se nos trabalhos que apresentam nessas ocasiões. Feiras Culturais funcionam como uma grande amostra do potencial, do conhecimento e da criatividade dos estudantes. Proporcionam outro tipo de experiência com o conteúdo aprendido na sala de aula e ampliam as possibilidades de avaliação dos seus respectivos desempenhos. Nem só de prova vive a nota do semestre.

Feiras Culturais também funcionam como espaços para debates relevantes, no que tange a formação da consciência dos estudantes. Pautas sociais podem atravessar trabalhos e desenvolver cidadanias. Diante dessa funcionalidade, esses eventos podem ser entendidos e levados a sério como oportunidades para a interação com a comunidade e a melhoria da mesma.

Ou seja, motivos não faltam para que as Feiras Culturais façam parte do calendário escolar da sua instituição. O Sistema Interativo quer incentivar a organização delas e disponibilizar um breve manual para isso:

  1. Tente organizar a Feira Cultural em um dia e um horário que possibilitem a visitação da comunidade e da família dos estudantes. Domingo costuma ser uma boa opção para a realização desse tipo de evento.
  1. Escolha um tema para a edição da Feira Cultural de sua escola. De preferência, que ele tenha relevância social e possa ser destrinchado em vários assuntos, que toquem várias disciplinas.
  1. Aliás, a interdisciplinaridade enriquece a experiência de toda Feira Cultural. A troca entre as áreas de conhecimento favorece a profundidade dos trabalhos desenvolvidos pelos estudantes.
  1. Conte com o material do Sistema Interativo para o desenvolvimento e embasamento da Feira Cultural. Prezamos tanto pela relevância quanto pela interdisciplinaridade do conhecimento.
  1. Estimule experiências interativas com o conhecimento durante a Feira Cultural, desde a realização de jogos até a apresentação de peças ou performances musicais.
  1. Tente envolver todas as turmas na Feira Cultural, para que o tema escolhido seja contemplado por todas as etapas da vida escolar.
  1. Considere chamar a imprensa local da sua cidade para cobrir o evento. A divulgação vai incentivar ainda mais os estudantes e melhorar a qualidade dos trabalhos apresentados.

Esse breve manual entrega passos, mas o caminho é escolhido por sua escola. Use a criatividade ao longo do percurso e não se esqueça do comprometimento com a formação acadêmica, social e emocional de seus estudantes.

Explore outros conteúdos

A Plataforma de Ensino Digital – Weekly – é uma solução inovadora para o ensino on-line. Proporciona um ambiente virtual de aprendizagem e o acesso a diversos recursos digitais conectados ao Sistema de Ensino Interativo.