4 atuações fundamentais para um coordenador pedagógico

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Esse profissional desempenha diversas funções elementares para que os resultados da escola sejam os mais positivos

 

São muitos os componentes que contribuem para o sucesso de uma escola. Quase todos rondam a atuação de pessoas. É a humanização dos processos de ensino-aprendizagem que contribui para que os resultados sejam efetivos e façam a diferença na vida de todos os envolvidos na construção de uma sociedade mais justa, consciente e igualitária para todos.

E o papel do coordenador pedagógico nesse contexto é fundamental para manter um rumo de sucesso para todos os envolvidos nesse processo. Nada é fórmula matemática! Sabemos que cada situação, cada pessoa, cada educando e cada educador tem suas personalidades. Essa percepção por parte do coordenador é essencial para práticas realistas em sua comunidade escolar. Por isso, separamos quatro atribuições indispensáveis desse profissional. Confira:

1 – Guia dos professores

É claro que os professores têm autonomia e suas formas pessoais de trabalho junto aos estudantes, que precisa ser respeitada. Mas muitas vezes há diagnósticos mais amplos e outros muito específicos que, por diversos fatores, passam despercebidos. É atribuição do coordenador dar esse norte, conduzindo os trabalhos professorais e também ouvindo para entender e encontrar os melhores caminhos para que a educação seja eficiente e transformadora.

2 – Teoria X prática

São muitas as propostas e projetos pedagógicos sistematizados para o trabalho junto aos alunos no ano letivo. É claro que a prática muitas vezes é diferente das programações planejadas. Diferentes coisas acontecem ao longo da jornada. Mas é importante também seguir as propostas, orientações científicas, de especialistas e também dos currículos instituídos. O coordenador precisa estar atento a como todas essas idealizações estão sendo praticadas, dando suporte e guiando o trabalho do professor.

3 – Comunicação

A falta de comunicação eficiente é talvez um dos maiores problemas enfrentados pela gestão escolar. E isso dentro de um contexto no qual somos cercados de possibilidades práticas e tecnológicas para eficiência nesse diálogo é praticamente inaceitável. O coordenador tem que atuar para facilitar o contato entre a gestão escolar, o professor, o aluno e também os pais, minimizando ruídos e dando eficiência e clareza a todos os processos. Além, claro, de dar abertura para que os envolvidos sintam-se à vontade para opinar, questionar e também desabafar.

4 – Trabalho em grupo

Fomentar o sentimento de equipe, colaborativo e soluções conjuntas de problemas, tanto nos processos entre os profissionais da escola quanto na rotina dos alunos, é fundamental para o funcionamento da instituição de ensino. Também na concepção de atividades interdisciplinares, capazes de mostrar para os estudantes que o conhecimento é intercambiável, desenvolvendo competências essenciais para uma formação completa e em sintonia com as melhores práticas pedagógicas do mundo.

Explore outros conteúdos

A Plataforma de Ensino Digital – Weekly – é uma solução inovadora para o ensino on-line. Proporciona um ambiente virtual de aprendizagem e o acesso a diversos recursos digitais conectados ao Sistema de Ensino Interativo.